MENU

Atividades com Poema – Jogo de Bola (Cecília Meireles)

Cecília Meireles novamente por aqui. A publicação anterior trouxe atividades a partir do poema e “As meninas” da autora.

O poema de hoje “Jogo de Bola” está no mesmo livro “Ou isto ou aquilo”.

Com palavras simples e a temática da vivência das crianças, o texto brinca com as rimas, insinua movimentos e conduz a uma reflexão sobre possuir e partilhar.
Abra essa caixa de possibilidades com suas crianças.

Atividades com poema jogo de bola

Ampliando o uso

Antes da leitura:
Leve as crianças para um jogo de bola;
Proponha diferentes tipos de jogos com a bola;
Ao terminar as brincadeiras e contato com o brinquedo, conversem sobre a vivência:
  • Como a bola é? (aqui pode trabalhar adjetivos);
  • O que ela faz? Quica, rola, pula… (aqui pode dar a ideia de verbo)
  • Quais brincadeiras podem ser feitas usando a bola?
  • Podemos brincar sozinho?
  • Como é mais legal de se brincar? Em grupo? (aqui pode abrir a ideia de compartilhar)

Ofereça às crianças as cartas com as imagens e leia o poema com bastante entonação e ênfase nos fonemas predominantes.

Depois da leitura:

Agora é hora de explorar o texto!!!
  • Converse com o grupo sobre o que o poema fala: o que cada um entendeu.
  • Faça a lista de palavras mais significativas do poema;
  • Agrupe palavras com os mesmos fonemas, com os mesmo sons (rimas);
  • É possível falar sobre substantivos próprios (nomes das crianças que brincam) e substantivo comum (nome do brinquedo: a bola)
  • Entregar as fichas de atividades para registrarem suas descobertas.
Atividades poema jogo de bola
Jogo de Bola – letra bastão
Atividades com o poema jogo de bola
Jogo de bola cursivo

 

 

 

 

 

 

 

 

link download
Jogo de bola letra bastãodownload livrinho contando com as mãos

Jogo de bola Letra Cursiva

Clique na imagem acima, salve gratuitamente os arquivos e adapte aí do seu jeitinho.
Lembrem-se de contextualizar, preparar o ambiente e incluir muitas atividades práticas em combinação com as fichas impressas, elas são a parte menos orgânicas de todo o processo de aprendizagem.
No entanto, sem a sistematização que elas oferecem, a aprendizagem não se consolida! Use seu conhecimento tácito e sua criatividade.
Compartilhe conosco como foi que você deu vida a esse material. Marque-nos no Instagram  @notebookdaprof

Trabalhando com a Poesia de Cecília Meireles: “As meninas”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Compartilhe: